Assembleia recebe primeira turma de estudantes do projeto "Fale, Educação!"

por Comunicação/ALE publicado 09/08/2017 16h40, última modificação 09/08/2017 18h07

 

Através de uma parceria entre a Assembleia Legislativa e o Ministério Público Estadual, foi colocado em prática o projeto “Fale, Educação”, promovido pela 19ª Promotoria de Justiça da Capital. A Casa recebeu nesta quarta-feira, 9, 20 estudantes do 8º ano do ensino fundamental, oriundos da Escola Estadual Onélia Campelo. Os alunos foram recepcionados pelos deputados Bruno Toledo (PROS), Jó Pereira (PMDB), Rodrigo Cunha (PSDB), Ricardo Nezinho (PMDB) e pela promotora Cecília Carnaúba. Visitaram o plenário onde assistiram um vídeo sobre o funcionamento da Casa e conheceram os tramites do processo legislativo e o trabalho dos parlamentares.

A deputada Jó Pereira, que é titular da Comissão de Educação, destacou a importância do projeto. “Ele ajuda a educar os nossos jovens para a cidadania desde muito cedo. Foi importante a visita deles pois permitiu mostrar um pouco do funcionamento do parlamento, de uma maneira que eles possam absorver informações importantes e os instrumentos adequados para a busca de direitos, a conscientização da existência destes direitos e os caminhos democráticos para as soluções de conflitos”, afirmou.

A promotora Cecília Carnaúba salientou que o objetivo do projeto é fomentar o exercício da cidadania. "Os alunos estão recebendo a visita de promotores para falar sobre o direito e legislação, e, agora, vieram ao parlamento para conhecer a formação de leis, o processo legislativo, o ambiente da Casa e como funciona uma sessão legislativa. Agora é a parte prática do trabalho que está sendo feito teoricamente pelos promotores nas escolas”, destacou.

A interação da Assembleia Legislativa como o Ministério Público foi destacada pelo deputado Bruno Toledo, que também informou sobre a reativação do Parlamento Jovem. "A ideia é que os alunos, de forma democrática, possam, ao final de todas as visitas, selecionar 27 estudantes para participar do Parlamento Jovem”, afirmou.

O presidente da Comissão de Educação, deputado Francisco Tenório (PMN), designou uma comissão para acompanhar os estudantes durante as visitas na Assembleia Legislativa. Fazem parte desta comissão, o coordenador-geral de Assuntos Legislativos, Thales Menezes, o técnico da comissão de Educação, Henrique Lopes, e o assessor parlamentar Antônio de Pádua.  

O professor Rafael de Almeida, que acompanhou os estudantes, falou da importância do projeto para seus alunos. “O projeto é excelente porque permite que os alunos vejam como são criadas as leis que norteiam nossas vidas e a incentivá-los a partcipar ativamente da vida política”, afirmou. A estudante Chrisley Graziele disse que a vista foi bastante proveitosa e que vai levar vários ensinamentos para sua vida pessoal, como por exemplo, a exercer seus direitos. “É um momento único e maravilhoso de conhecer a Assembleia Legislativa, os deputados e como se faz uma lei”, disse. Ao todo, serão 14 escolas contempladas, todas as quartas-feiras a Assembleia Legislativa irá receber estudantes de uma escola pública diferente, durante 14 semanas, que passarão pela mesma experiência que os alunos da Escola Onélia Campelo.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.