Estudantes visitam o Parlamento e debatem com deputados situação de escolas públicas

por Comunicação/ALE publicado 16/08/2017 17h30, última modificação 16/08/2017 17h30

A Assembleia Legislativa recebeu nesta quarta-feira, 16, a segunda turma do projeto “Fale, Educação!”. Foram 50 alunos do ensino médio da Escola Estadual José da Silveira Camerino, localizada em Maceió, que visitaram a Casa e conversaram com os deputados Bruno Toledo (PROS), Gilvan Barros Filho (PSDB) e Rodrigo Cunha (PSDB). Os estudantes conheceram o plenário, a presidência, as comissões técnicas e os demais setores do Poder Legislativo estadual. Na ocasião foram apresentados vídeos sobre o processo legislativo, a vida do patrono da Assembleia, Tavares Bastos, e um documentário sobre cidadania.

Os alunos falaram das boas iniciativas implantadas na sua escola, reclamaram da falta de infraestrutura e da insegurança no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada, onde a escola está localizada. O estudante Jonathan Correira, que cursa no 2º ano do ensino médio, falou da importância de vivenciar o trabalho dos deputados na Assembleia Legislativa. “Foi bastante proveitosa essa visita, serviu até como uma aula dinâmica, achei bastante interessante conhecer o trabalho desenvolvido pelos deputados”, disse.

O professor Pedro Júnior, que acompanhou os estudantes, falou da importância do projeto para seus alunos. “Quero agradecer a Assembleia Legislativa e o Ministério Público por esta oportunidade e fiquei feliz por ver que os alunos ficaram muito felizes por participarem deste projeto. O resultado foi muito bom porque os questionamentos deles foram feitos aos deputados. Além de tudo, a visita permitiu que nossos alunos vissem de perto como são criadas as leis”, destacou.

Ao final da visita, os deputados confirmaram que a Comissão de Educação da Casa irá fazer uma visita às escolas para constatar as reclamações feitas pelos estudantes. O deputado Rodrigo Cunha falou da importância de conhecer de perto os problemas vivenciados pelos alunos. “Acho essas visitas necessárias e importantes, já que a função do parlamentar é fiscalizar os serviços públicos. Este projeto vai ao encontro do que a sociedade espera, que as portas do Legislativo estejam sempre abertas”, disse o deputado.

O presidente da Comissão de Educação da Casa, deputado Francisco Tenório (PMN), designou uma comissão para acompanhar os estudantes durante as visitas na Assembleia Legislativa. Fazem parte desta comissão, o coordenador-geral de Assuntos Legislativos, Thales Menezes, o técnico da comissão de Educação, Henrique Lopes, e o assessor parlamentar Antônio de Pádua.

O projeto “Fale, Educação” visa aumentar a visibilidade da educação para os poderes e instituições públicas e facilitar o exercício da cidadania, por parte da comunidade escolar, como forma de estímulo à busca de caminhos eficientes, pacíficos e humanitários de realização dos interesses e necessidades da comunidade. A parceria da Assembleia Legislativa com o Ministério Público está permitindo que alunos de 14 escolas públicas visitem o Poder Legislativo por 14 semanas. Ao final, o objetivo será a realização de uma nova edição do Parlamento Jovem.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.