Davi Maia destaca participação no LibertyCon Brasil

por Comunicação/ALE publicado 07/11/2019 17h32, última modificação 07/11/2019 17h32

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta quinta-feira, 07, o deputado Davi Maia (DEM) destacou sua participação, neste final de semana, na cidade de São Paulo, do LibertyCon Brasil, maior evento organizado no país pelo Students For Liberty (SFL). “Foram mais de mil participantes e mais de 60 palestrantes divididos em dezenas de painéis, palestras e debates. Fico feliz em ver que o número de pessoas que defendem a liberdade crescem a cada ano”, afirmou.

O deputado disse ainda que o SFL também proporcionou treinamento em diversas áreas para 100 estudantes do Brasil, sendo 12 estudantes de Alagoas. “Também não poderia deixar de citar a Frente pela Liberdade e o Clube Phometheus, que são grupos de estudantes que sempre me procuram para apresentar soluções liberais para a economia como também o Livres – que faço parte junto com outros deputados do Brasil”, destacou. "Precisamos de um país e de uma Alagoas mais livre, com menos burocracia, menos interferência do Estado na economia, para permitir que o pequeno empreendedor tenha capacidade de crescer no mercado”, disse.

Saneamento
Davi Maia também participou, nesta quinta-feira, do Fórum Exame, em Maceió, com o governador Renan Filho e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano. Na ocasião foi debatida a concessão do serviço de saneamento de Maceió e de outros 12 municípios da Região Metropolitana. “Hoje é um dia feliz porque estou vendo a liberdade chegar em nosso Estado, quero aproveitar para parabenizar o Governo. Além do serviço de água, estamos fazendo estudos para privatização do Centro de Convenções, Ipaseal, Algás e Ceasa. Até o final do ano este estudo deverá está pronto”, disse.

O pronunciamento recebeu o apoio dos deputados Bruno Toledo (PROS), Cabo Bebeto (PSL) e Cibele Moura (PSDB). Fazendo contraponto ao discurso de Maia, o deputado Inácio Loiola (PDT) se posicionou contrário à politica de privatizações. “Alagoas é uma região privilegiada com relação aos recursos hídricos. Se a nossa companhia de água tem falhas é porque governos anteriores não investiram o suficiente. Conheço seus servidores e lá existem vários funcionário competentes. Se a privatização acontecer, vou ficar preocupado com as consequências para o sistema de água do Agreste, da Bacia Leiteira e do Sertão”, afirmou Loiola.

 

 

 

 

 

 

 

error while rendering plone.comments