Parlamentares se reúnem com vice-governador para tratar de assuntos ligados à Educação

por Comunicação/ALE publicado 06/11/2019 18h50, última modificação 06/11/2019 22h10

Atendendo a um requerimento do deputado Davi Maia (DEM), a Comissão de Educação, Cultura e Turismo da Assembleia Legislativa ouviu nesta quarta-feira, 6, o vice-governador e secretário de Educação do Estado, Luciano Barbosa. Questionado por vários deputados, o secretário respondeu a diversas perguntas sobre o transporte escolar, escola militar, projetos do Governo que estão na Casa, Prova Brasil, Obras inacabadas, Escola 10, entre outros assuntos inerentes a pasta.

O presidente da Comissão de Educação, deputado Marcelo Beltrão (MDB), disse que a reunião foi bastante proveitosa e esclarecedora. “É sempre muito boa essa relação entre Legislativo e Executivo, já que sai sempre ajustes necessários para uma pasta tão importante como a educação. Diversos assuntos foram tratados e os deputados puderam perguntar e esclarecer todas as suas dúvidas, além de também contribuírem com sugestões, para que possamos ter uma educação cada vem melhor”. Na ocasião, Beltrão sugeriu uma parceria entre os dois Poderes, para juntos buscarem soluções das questões relativas a situação de diplomas falsos no Estado, para os alunos que ainda estão fora da sala de aula em Maceió e para a situação funcional dos secretários escolares.

O secretário Luciano Barbosa afirmou que a reunião foi importante para que esclarecesse alguns pontos ligados à pasta. Ele agradeceu a Assembleia Legislativa pelo convite  e disse que estará sempre à disposição do Poder Legislativo. “Virei aqui quantas vezes forem necessárias. Os deputados têm muitas preocupações com o Estado como um todo e coisas especificas. Às vezes se faz necessário o gestor da pasta vir ao Parlamento esclarecer determinado assunto. Vim aqui e falei exatamente sobre os programas desenvolvidos pela educação estadual. Dúvidas sobre o Escola 10, transporte escolar e outros assuntos”, destacou Luciano Barbosa.

Durante a reunião, Luciano Barbosa pediu a votação do Parlamento aos projetos que tratam do ICMS Educação e da Lei de Educação Integral. Sobre o transporte escolar, o secretário voltou a defender sua municipalização. “Hoje temos 82 cidades com transporte municipalizado. Além disso, compramos 100 ônibus, que estão atendendo Maceió e Rio Largo”, disse. Sobre a Escola Militar, Luciano lembrou que o Governo construiu uma unidade na cidade de Arapiraca, pretende ter outra na cidade de Delmiro Gouveia, além da Escola Tiradentes, em Maceió, que já existe há bastante tempo. “Não somos contra as escolas militares proposta pelo Governo Federal. O que está faltando é um esclarecimento sobre o modelo funcional delas, por isso resolvemos esperar mais um pouco”, afirmou.

Perguntado o porquê de alguns municípios ainda não terem recebido a premiação referente ao Programa Escola 10, o secretário explicou que isso ocorreu devido a inconsistências na documentação. Algumas escolas não possuem conselhos escolares constituídos, por exemplo. “Porém, o dinheiro já está reservado. Assim que os problemas forem sanados, a premiação será paga”, disse.

Participaram ainda da reunião os deputados Francisco Tenório, Ângela Garrote, Olavo Calheiros, Flávia Cavalcante, Antonio Albuquerque, Ricardo Nezinho, Davi Maia, Bruno Toledo, Dudu Ronalsa, Cabo Bebeto, Cibele Moura, Yvan Beltrão, Paulo Dantas, Breno Albuquerque e o líder do Governo na Casa, Silvio Camelo.

error while rendering plone.comments