Inácio Loiola lamenta suspensão da Operação Carro-Pipa

por Comunicação/ALE publicado 30/09/2021 15h17, última modificação 30/09/2021 15h17

A suspensão da Operação Carro-Pipa, a partir do próximo dia 20 de outubro, em 39 cidades do Sertão alagoano, foi tema do pronunciamento do deputado Inácio Loiola (PDT) na sessão desta quinta-feira, 30. De acordo com o deputado, a alegação para a suspensão do programa é a de que o Ministério do Desenvolvimento Regional não tem recursos suficientes para abastecer as cidades.

"Só posso lamentar que num momento de estiagem na região, o Governo Federal não tenha a sensibilidade de continuar com este programa, que vem ajudando muito o povo sertanejo. Muitos podem alegar que tivemos um inverno regular este ano no Sertão alagoano. Sim, tivemos. Mas a média de chuvas foi 50% menor que no ano passado, não sendo possível abastecer os reservatórios. Água é vida, água é prioridade. Quero lamentar essa decisão do Governo Federal”, destacou.

Tremores de terra
Inácio Loiola também tranquilizou a comunidade do Baixo São Francisco com relação a uma série de "fake news" divulgadas nas redes sociais, dando conta da possibilidade de um grande desastre na hidrelétrica de Xingó, devido estrondos ocorridos no último dia 27. “A Chesf realizou naquele dia a lavagem na hidrelétrica, o que é normal, e coincidentemente aconteceram tremores de terra na cidade de Canindé do São Francisco (SE), que em nada afetaram a hidrelétrica”, afirmou.

Ildefonso Gonçalves Queiroz
Ildefonso Gonçalves Queiroz disse:
30/09/2021 19h55
Trata-se dum absurdo essa retirada dos carros-pipas, consequentemente provocará prejuízos incalculáveis para os mais necessitados.É triste!
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.