Obrigatoriedade de simuladores eletrônicos em autoescolas será debatida em audiência pública

por Comunicação/ALE publicado 05/03/2015 18h00, última modificação 22/04/2015 18h03

O deputado Tarcizo Freire (PSD) solicitou, na sessão desta quinta-feira, 5, na Assembleia Legislativa, uma audiência pública para discutir a obrigatoriedade da implantação de simuladores eletrônicos nas autoescolas. A ideia é convidar o diretor do Detran, Antonio Freitas Melro de Gouveia, os proprietários de autoescolas de Alagoas e a sociedade para discutir o assunto. 

O parlamentar informou que o Detran de Alagoas está condicionando o credenciamento das escolas à aquisição do simulador eletrônico. “A ideia é sensibilizar o Governo para retirar a obrigatoriedade do simulador. Hoje, mais de 25 autoescolas estão sem poder funcionar por conta disso”, disse.
 
Tarcizo afirmou que o projeto de obrigatoriedade não existe, porque a resolução 493 deixa facultado aos estados implantar ou não a obrigatoriedade do simulador. “Hoje, apenas nos Estados do Rio Grande do Sul e de Tocantins existe a obrigatoriedade. Em Pernambuco, por exemplo, tentou-se implantar, mas sem êxito”, declarou.
 
Por fim, o deputado disse que a instalação do simulador irá encarecer o custo da habilitação, que chegará a valer R$ 2.500. “A sociedade não aceita a obrigatoriedade do simulador. A popolução quer uma habilitação que possa pagar”, concluiu. 
error while rendering plone.comments