Parlamentares apresentam sugestões para conter o avanço da pandemia de coronavírus

por Comunicação/ALE publicado 24/03/2020 14h42, última modificação 24/03/2020 14h42

Ao final da primeira sessão virtual da história do Parlamento alagoa, os deputados apresentaram várias sugestões no sentido de minimizar os avanços da pandemia do coronavírus. A deputada Cibele Moura (PSDB) destacou a sugestão da deputada Jó Pereira (MDB) para a criação do "Comitê da Primavera", com a finalidade de atender aos efeitos da pós pandemia, que segundo os especialistas deve se estender até o mês de setembro. Jó Pereira avalia que é preciso criar esse comitê para pensar quais as alternativas para reconstrução da economia do Estado. "O comitê de crise do momento está voltado para atender as necessidades do momento, mas nós precisamos nos organizar para o momento da retomada econômica", observou Jó, informando que já protocolou requerimento nesse sentido.

Cibele Moura, assim como os demais parlamentares, entendem que ao término dessa pandemia o Brasil e o Estado irão passar por uma crise econômica sem tamanho. "O tamanho da crise de saúde que estamos vivendo, no final das contas, vai se transformar numa crise econômica talvez nunca vista. Precisamos estar unidos e pensando em alternativas", alerta a parlamentar.

Puxando para o momento mais atual, o deputado Davi Davino Filho (PP) manifestou sua preocupação com as aglomerações, principalmente de idosos, durante a campanha de imunização contra a influenza. Ele sugeriu a criação de um hospital de campanha em locais como estádios de futebol. "Para que se possa fazer a vacinação de forma adequada, principalmente nessa classe mais vulnerável. Todos sabemos que o isolamento social nesse momento é importantíssimo", observou o deputado.

O deputado Sílvio Camelo (PV) corroborou com a fala de Davino Filho e propôs a utilização dos shoppings centers, que no momento estão fechados, como postos de atendimento de vacinação. "Esses shoppings têm várias entradas, existem as Centrais Já de atendimento, ao invés de construir esse hospitais de campanha, que demoraria muito mais, podíamos utilizar esses estabelecimentos", sugeriu. "E também a questão dos estacionamentos e poderia ser feita a campanha de vacinação na modalidade drive thru", disse o parlamentar, sugestão que também foi apresentada pelo deputado Antonio Albuquerque (PTB). Foi solicitado ao presidente Marcelo Victor que oficilizasse as sugestões apresentadas pelos deputados ao Governo do Estado e à Prefeitura de Maceió.

O deputado Marcelo Beltrão (MDB) trouxe ao plenário a experiência que está sendo colocada no município de Penedo e gostaria de compartilhá-la, deixando como sugestão para os demais municípios alagoanos. "As equipes do PSF (Programa de Saúde da Família) estão vacinando as pessoas em casa, seguindo um cronograma por bairros e por prioridades: com idosos, profissionais de saúde... fazendo com que a cobertura ao final da vacinação seja de 100%", contou.

Já o deputado Ricardo Nezinho (MDB) sugeriu que o Brasil e Alagoas deveriam usar como exemplo as experiências de outros países. "Gostaria ainda de parabenizar a toda sociedade brasileira por esse sentimento de resguardo e de prudência", disse o parlamentar, sem deixar de externar sua preocupação com a crise econômica que virá com o pós pandemia. A deputada Jó Pereira também reforçou que existe disponível o Centro de Convenções que, na opinião dela, já está pronto para receber o público, com banheiros, salas amplas que pode ser usado como hospitais e montados leitos para atender uma possível disseminação maior do coronavírus. "Não podemos esquecer dos moradores de rua. Não podemos esquecer que o isolamento é para todos e essas pessoas não têm sequer onde se isolar", completou.

Já a deputada Ângela Garrote (PP) pediu apoio ao Governo do Estado para socorrer o hospital de Palmeira dos Índios, que segundo informações por ela recebidas, não tem equipamentos de proteção individual suficentes para salvaguardar os profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus.

O presidente da Casa, deputado Marcelo Victor informou aos pares que o Estado de Alagoas já instituiu um comitê para avaliar os efeitos econômicos da pandemia da Covid-19. "A Assembleia Legislativa terá assento nesse Comitê. Todos os atores dos setores produtivos do Estado também terão assento, então essas medidas já foram adotadas pelo Governo", contou. No tocante a encaminhar ofícios aos governos estadual e municipal, Victor disse que não haveria nenhum óbice. "E, com a aquiescência do plenário, nós podemos já produzir esse expediente, sem precisar deliberar, já que todas as sugestões foram acolhidas e não há um rito regimental para isso", informou Marcelo Victor.

 

 

Carlos
Carlos disse:
30/03/2020 11h14
Se existem máscaras para impedir respiramos vírus e se invertessemos o sentido máscaras para matar o virus quando espelimos o virus já que sabāo deixa o virus frágil ou o mata.
Carlos
Carlos disse:
30/03/2020 11h15
Se existem máscaras para impedir respiramos vírus e se invertessemos o sentido máscaras para matar o virus quando espelimos o virus já que sabāo deixa o virus frágil ou o mata.
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.