Parlamentares realizam visita surpresa ao Sistema Prisional e cobram aumento de efetivo

por Comunicação/ALE publicado 10/09/2019 13h11, última modificação 10/09/2019 13h11

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Cabo Bebeto (PSL-AL), recebeu nesta segunda-feira, 9, os deputados federais Capitão Alberto Neto (REPUBLICANOS-AM) e Coronel Tadeu (PSL-SP), para uma visita de inspeção às unidades do Sistema Prisional do Estado, com o objetivo de identificar problemas relacionados à superlotação e ao déficit de agentes penitenciários. Os deputados integram a Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento Estratégico do Sistema Penitenciário, Combate ao Narcotráfico e Crime Organizado no Brasil, da Câmara Federal.

Durante todo o dia, a agenda incluiu visitas aos presídios Baldomero Cavalcanti, Cyridião Durval, Santa Luzia e o de Segurança Máxima. "Queríamos que eles conhecessem de perto a realidade do nosso sistema. Esperamos contar com o apoio do governo do presidente Jair Bolsonaro no atendimento das demandas, a exemplo da realização de concurso público para o cargo de agente penitenciário", enfatizou Bebeto. Segundo o líder estadual do PSL, é preciso garantir a dignidade dos agentes e dos presos, para o bem do complexo prisional e da segurança pública.

Na ocasião, o deputado Capitão Alberto Neto avaliou que os agentes de Alagoas estão pedindo socorro. "Temos o aumento da população carcerária e uma redução do efetivo de agentes. Isso é perigoso. O sistema está superlotado e pode influenciar na segurança pública. É isso que as autoridades precisam entender", disse Alberto Neto, alegando que o sistema pode entrar em colapso, caso o governo estadual não considere o aumento de agentes. "Não podemos deixar que isso aconteça. O sistema está controlado e precisa se manter assim."

O deputado Coronel Tadeu parabenizou o trabalho abnegado dos agentes, "que fazem as coisas, literalmente, tirando leite de pedra", completou.

Com assessoria

error while rendering plone.comments