Programa Interlegis é instalado e primeiro curso já começa a ser ministrado

por Comunicação/ALE publicado 13/04/2015 18h00, última modificação 22/04/2015 20h49

A Assembleia Legislativa realizou, nesta terça-feira, 13, uma sessão solene que marcou a implantação do Programa Interlegis na Casa. A solenidade foi comandada pelo presidente da Casa, deputado Luiz Dantas, e contou com três palestras: "Interlegis e o projeto de modernização do Legislativo", ministrada pelo diretor-executivo do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), Helder Rebouças, "O papel do Legislativo no Estado democrático de direito e os desafios atuais", com o consultor do Senado Federal, Antônio Barbosa e "A transparência no Legislativo e a solução web – Interlegis", pelo coordenador de formação e atendimento à comunidade do Legislativo, Francisco Etelvino Biondo.

O Interlegis é um programa desenvolvido pelo Senado Federal, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a modernização e integração do Poder Legislativo nas esferas federal, estadual e municipal. Criado em 1977 e incorporado ao ILB em 2013, busca promover transparência e interação do Legislativo com a sociedade. O programa promove o desenvolvimento institucional por meio de consultorias, oficinas, cursos à distancia e presenciais para a capacitação de servidores, além de transferência de tecnologias.

Luiz Dantas disse que, há pouco mais de dois meses, no ato de posse da presidência da Casa, fez questão de destacar um dos compromissos da nova Mesa Diretora: a implantação de uma gestão transparente. “Naquela momento, enfatizei a necessidade de aperfeiçoamento do portal da informação da Casa Tavares Bastos para poder garantir a todos o acesso ao processo legislativo, à apreciação das matérias, à produção parlamentar e à movimentação financeira de acordo com a legislação vigente”, disse.

O presidente destacou ainda que a reativação do Programa Interlegis era o caminho natural para aperfeiçoar e implantar novas tecnologia de informação. “Com a instalação do Programa Interlegis, o parlamento alagoano começa a vivenciar uma nova etapa em sua história, não apenas pelos cursos que se iniciam hoje, mas o que vai representar verdadeiramente todo processo de modernização do Poder e da capacitação de seus servidores”, afirmou.

Por fim, o presidente da Assembleia Legislativa fez questão de agradecer ao presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB), que foi decisivo para a vinda do programa para a Assembleia Legislativa. “Desde o primeiro contato efetuado, o senador Renan Calheiros demonstrou desprendimento, recebendo em Brasília a representação da Mesa Diretora e determinando a celeridade necessária ao andamento do cronograma traçado para a vinda do Programa Interlegis”, concluiu.

O diretor executivo do Instituto Legislativo Brasileiro, Antônio Helder Rebouças, destacou a importância do programa e a posição decisiva do presidente da Assembleia Legislativa. “O programa Interlegis está completando 18 anos e é uma satisfação estar em Alagoas para que possamos trazer instrumentos e tecnologias para melhorar, cada vez mais, a relação do Poder legislativo com a cidadania” disse.

Helder Rebouças também falou dos dois primeiros cursos que serão oferecidos: Portal Modelo – Sistema de gerenciamento de conteúdos na internet e o Sistema de Apoio ao Processo Legislativo. “São cursos que estaremos oferecendo aos servidores da Casa, durante toda a semana. A disseminação de informações e conhecimentos em favor da transparência e racionalidade do processo legislativo, bem como do aperfeiçoamento da gestão administrativa, são os principais eixos do nosso trabalho”, afirmou.

O presidente da Associação dos Servidores da Assembleia legislativa, Eduardo Fernandes, disse que a implantação do programa na Casa é muito importante para os servidores. “Há muito tempo que não se vê nenhum curso por aqui. Capacitar os servidores é melhorar o desempenho da Casa. Espero que isso continue”, disse.

Também estiveram presentes à solenidade os deputados Ronaldo Medeiros (PT), Inácio Loiola (PSB), Rodrigo Cunha (PSDB), Antonio Albuquerque (PRTB), Davi Davino (PSB), Gilvan Barros Filho (PSDB), Galba Novaes (PRB), Jairzinho Lira (PRTB) e Jó Pereira (DEM), o presidente da Escola Legislativa em Alagoas, William Giulliano dos Prazeres, o representante do Ministério Público de Alagoas, José Carlos Castro, além de outras autoridades e servidores da Assembleia Legislativa.

error while rendering plone.comments