Renan Filho toma posse para segundo mandato destacando parceria com o Legislativo

por Comunicação/ALE publicado 01/01/2019 17h40, última modificação 01/01/2019 20h45

O governador Renan Filho (MDB) tomou posse para o seu segundo mandato à frente do Executivo estadual nesta terça-feira, 1º, em sessão solene ocorrida na Assembleia Legislativa. Renan destacou, em seu discurso e na entrevista à imprensa, a parceria nestes quatro anos de Governo com o Poder Legislativo para que o Estado superasse os obstáculos apresentados. “Quero agradecer ao presidente desta Casa, deputado Luiz Dantas e, em nome dele, todos os parlamentares que colaboraram com o nosso trabalho ao longo destes últimos quatro anos. Certamente teremos um trabalho muito parecido adiante, já que na democracia estabelecida em nosso país precisamos primar pela independência dos poderes e agir harmonicamente. Este convívio com a Assembleia Legislativa e o Poder Judiciário permite governar com naturalidade o que é muito importante para que Alagoas possa avançar cada vez mais”, disse

Logo ao chegar ao parlamento, o governador, ao lado presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luiz Dantas (MDB), passou a tropa em revista e concedeu uma entrevista à imprensa. No plenário, a solenidade foi aberta com a composição da mesa de honra. Em seguida Luiz Dantas designou os deputados Antonio Albuquerque (PTB) e Jó Pereira (MDB) para conduzirem o governado eleito ao plenário da Casa. Logo após o Hino Nacional Brasileiro foi tocado ao som do saxofone do músico Adriano Bonfim, sargento da banda da Polícia Militar de Alagoas.

O presidente Luiz Dantas saudou o governador Renan Filho e o vice, Luciano Barbosa desejando sucesso na condução do Poder Executivo. “Espero que Alagoas consiga avançar bem mais e pelos caminhos do desenvolvimento”, destacou, desejando um ano de 2019 com muita paz, saúde e prosperidade para todos os alagoanos.

Após prestar juramento e assinar o livro de posse, o governador iniciou seu discurso onde agradeceu o apoio recebido do Parlamento alagoano, fez um balanço de seu primeiro governo e anunciou novas ações para esse segundo mandato. “Estamos começando um novo Governo. Não do ponto em que paramos, porque não paramos. Um governo é sempre um trabalho em andamento. Um governo não distingue o dia e a noite”, declarou Filho. “A linha geral de ação na gestão de Governo é impulsionar o que vem dando certo e sanar eventuais lacunas que ficaram do mandato anterior. Precisamos que os nosso gestores mantenham o compromisso que foi seguido no primeiro Governo de sempre se debruçar naquilo que precisa ser melhorado e que muitas vezes melhora com mudanças de atitudes”, disse o governador recém-empossado.

Na área da Saúde, Renan Filho destacou, para esse segundo mandato, a conclusão da construção de cinco novos hospitais públicos e a instalação de novas Unidades de Pronto Atendimento (Upas). Segundo ele, novas ações ainda estão previstas para este mandato, como a implantação de 50 novas escolas em tempo integral, que beneficiará cerca de 15 mil alunos em todo Estado. Renan prometeu ainda a manutenção dos programas de segurança pública e modernização do setor; avanço nas obras públicas, diversificação da agropecuária e, especialmente, a questão da universalização da água.

Renan Filho informou ainda que entre os potenciais econômicos do Estado a serem aproveitados está a reforma e ampliação do Estádio Rei Pelé. Para tanto, disse o governador, uma comissão especial já foi nomeada para fazer os levantamentos necessários para a execução das obras. “São as oportunidades trazidas pela ascensão do CSA para a série A, do campeonato Brasileiro e a permanência do CRB na série B. O nosso Trapichão está no centro das atenções das duas principais séries do futebol nacional”, observou Renan Filho. “Nós já nomeamos uma comissão especial para levantar toda a reforma necessária para a ampliação e adequação do estádio Rei Pele, para receber torcedores de todo Brasil. O Rei Pelé é uma jóia, foi e é um divisor de águas do nosso futebol”, completou o governador.

Estiveram presentes os deputados estaduais Marcelo Victor (Solidariedade), Ronaldo Medeiros (MDB), Ricardo Nezinho (MDB), Inácio Loiola (PDT), Francisco Tenório (PMN), Dudu Hollanda (PSD), Olavo Calheiros (MDB), Rodrigo Cunha (PSDB), Ricardo Nezinho (MDB) e Gilvan Barros Filho (PSD); o senador por Alagoas, Renan Calheiros (MDB); os deputados federais Ronaldo Lessa, Nivaldo Albuquerque e Marx Beltrão; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Otávio Leão Praxedes; o Chefe do Ministério Público Estadual, Procurador-Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Otávio Lessa; secretários estaduais, entre outros convidados.

error while rendering plone.comments