Sílvio Camelo sugere ao governador a compra da produção de arroz da região do baixo São Francisco

por Comunicação/ALE publicado 25/06/2020 14h21, última modificação 25/06/2020 14h21

A Assembleia Legislativa realizou nesta quinta-feira, 25, duas sessões. Na primeira, de forma ordinária, foram analisadas e votadas nove matérias, dentre elas, o requerimento nº 576/2020, do deputado Sílvio Camelo (PV), que solicita ao governador do Estado, Renan Filho, para que avalie a possibilidade de compra de toda a produção de arroz produzida na região do baixo São Francisco alagoano, podendo ter como destino a merenda escolar. “Essa região detém aproximadamente mil produtores de arroz. A ação irá beneficiar indiretamente mais de três mil famílias”, destacou Sílvio Camelo.

Na segunda, de forma extraordinária, o plenário votou a  proposta de emenda à Constituição nº 79/2020, de autoria do deputado Antonio Albuquerque (PTB), que transforma os atuais agentes penitenciários em policiais penais. A PEC também estabelece que à Polícia Penal caberá a segurança dos estabelecimentos penais e que uma lei organizará a carreira, atribuições e competências da categoria em Alagoas, que será preenchida, em seu quadro de servidores efetivos, exclusivamente via concurso público.

Matérias também analisadas na sessão ordinária:

Matérias votadas em 2º turno:

Projeto de lei ordinária nº 290/2020, de autoria da deputada Cibele Moura (PSDB), que revoga o decreto-lei 2.826 de 5 de fevereiro de 1943;

Projeto de lei ordinária nº 291/2020, de autoria da deputada Cibele Moura (PSDB), que altera o artigo da lei nº 7.939, de 22 novembro de 2017 e o artigo 1º da lei nº 7.303, de 15 de dezembro de 2011; e revoga a lei nº 7.831, de 4 de outubro de 2016, e a lei nº 6.891, de 29 de novembro de 2007;

Projeto de lei ordinária nº 320/2020, de autoria do deputado Marcelo Beltrão (PP), que dispõe sobre a isenção do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de quaisquer Bens ou Direitos - ITCD, nos casos que especifica, em razão do estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19.

Matérias votadas em turno único:

Indicação nº 652/2020, de autoria da deputada Fátima Canuto (PRTB), solicitando que o Governo do Estado e a Secretaria da Saúde façam o acompanhamento dos pacientes que sobreviverem à fase mais crítica da Covid-19, para que todas as comorbidades sejam tratadas em tempo hábil;

Indicação nº 653/2020, de autoria da deputada Fátima Canuto (PRTB), solicitando que o Governo do Estado e a Secretaria da Saúde disponibilizem fisioterapeuta respiratório para os pacientes acometidos pela Covid-19 em suas fase mais critica, conforme orientação da Organização Mundial da Saúde.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.